Já pensou onde estaria se não tivesse se privado?

“Eu não consigo”, “as coisas sempre acontecem comigo”, “isso não é pra mim”…

Quantas vezes você já ouviu frases como estas? Inclusive, acredito que você já repetiu alguma delas ou outra similar, não é mesmo?

Estas frases são exemplos de várias crenças limitantes que todos nós temos. Eu mesma já me livrei de algumas situações ou evitei encará-las de frente utilizando essas “desculpas inconscientes”.

A questão é que, na maioria das vezes, esses pensamentos não são verdadeiros e impedem nossa evolução.

Você já parou pra pensar onde estaria se não tivesse se privado tanto?

A boa notícia é que somos seres em constante evolução e, com autoconhecimento, conseguimos ir muito mais longe!

Então fique calmo. Neste artigo, vamos olhar com carinho para essas crenças que têm limitado nossa evolução. Assim, conseguiremos dar espaço para as crenças que nos fortalecem e nos ajudam a chegar lá.

Apesar de parecer clichê, nós podemos muito mais do que imaginamos!

O que são crenças?

Nossa vida é cheia de trocas, nosso relacionamento com familiares e amigos nos enriquecem de conhecimento, experiência, costumes e cultura. 

Assim, vamos construindo nosso jeito de ser e de lidar com as coisas. Logo, surgem as crenças.

As crenças são afirmações que vamos colecionando ao longo de nossas vidas a ponto de as encararmos como verdades absolutas. Elas são as nossas profecias, aquilo em que a gente acredita sem ter provas, sem ter evidências.

As crenças podem tanto nos fortalecer e trazer confiança quanto nos limitar. Isso acontece porque existem as crenças fortalecedoras, que nos impulsionam à conquista, ao nosso sucesso. E as crenças limitantes nos impedem de irmos mais longe, limitando nossa evolução.

Crenças limitantes 

Como dito anteriormente, as crenças são os pensamentos que assumimos como verdade absoluta. E as crenças limitantes são aquelas “verdades absolutas” que nos impedem de ir além.

Por exemplo, quando acreditamos que não somos capazes de fazer algo, que não merecemos determinadas conquistas ou que não é possível realizar aquele objetivo.

Para facilitar um pouco mais a identificação de possíveis crenças limitantes, listamos abaixo algumas mais famosas.

  • Eu não consigo
  • Não tenho mais idade pra isso
  • Nunca vou conseguir alcançar meus objetivos
  • Não tenho tempo para nada
  • As coisas sempre acontecem comigo
  • Ninguém se importa comigo
  • Não sou bom o suficiente
  • Isso não é pra mim
  • Dinheiro não compra felicidade
  • Nunca vou conseguir dinheiro suficiente

Existem muitas outras crenças limitantes e não existe um padrão, por isso não se prenda apenas a estas. 

Abaixo vamos identificar nossas crenças limitantes e enfraquecê-las.

Como identificar e enfraquecer as crenças limitantes?

O primeiro passo para enfraquecê-las é identificá-las e passá-las em nosso teste de realidade.

Este teste é composto pelas etapas abaixo:

1º – Reflita sobre o que te incomoda, aquele sonho que você ainda não realizou, aquelas situações que parecem travadas, etc.

2º – Identifique o que você fala pra você mesmo quando essas coisas acontecem.

3º – Essa sua fala é um fato ou é algo que alguém falou pra você?

4º – Quais são as provas que afirmam que você realmente não consegue ou não tem capacidade?

Quando começamos a fazer esse tipo de questionamento, percebemos que muitas das nossas crenças realmente não existem.

Quando dizemos: “só fica rico quem rouba” acreditamos em algo que não é verdade. Afinal, acredito que você conheça alguém que enriqueceu trabalhando de forma lícita.

Por isso, quando nos deparamos com situações como essas, devemos nos perguntar: Quem disse isso? Isso é um fato ou uma crença? O que comprova isso?

Como fortalecer nossas crenças?

Após identificarmos as nossas crenças limitantes, podemos transformá-las em crenças fortalecedoras, aquelas que vão nos impulsionar ao atingimento dos nossos objetivos e à realização dos nossos sonhos.

Por isso, é importante querer mudar esse padrão, realmente ter vontade de crescer, de conquistar nossos objetivos. 

Então devemos substituir as crenças limitantes por fortalecedoras como o exemplo:

  • Eu posso tudo o que eu quiser
  • A conquista dos meus objetivos dependem do meu empenho
  • Com organização, eu consigo fazer tudo o que eu preciso
  • Em tanto tempo eu vou ter o dinheiro que preciso para isso

Conclusão

Neste artigo, vimos que em nossa experiência de vida, colecionamos algumas afirmações que se tornam crenças ou verdades absolutas e que podem tanto nos impulsionar como nos limitar.

Porém, nem sempre estas crenças são verdadeiras, já que muitas vezes, são apenas afirmações reforçadas sem provas que afirmam seus fatos.

Por isso, devemos enfraquecer as nossas crenças limitantes e fortalecer as crenças que nos fazem evoluir, conquistar nossos objetivos, ir além.

O filme “Mãos Talentosas” é um bom exemplo do poder das crenças fortalecedoras em nossas vidas. Com elas, não há limites que impeçam nossa evolução. 

Se puder, assista! Com certeza irá mudar sua visão de mundo e algumas de suas crenças. 🙂

“Se você pensa que pode ou não pode, de qualquer forma você está certo.”

Henry Ford

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: