Três Obstáculos no Caminho do Sucesso

Você tem a iniciativa.
Você define o objetivo.
Você traça um plano de ação.

E simplesmente não consegue avançar…

Sente que algo está te impedindo, mas não sabe o que é.

Neste post nós vamos falar sobre três coisas que podem te impedir de atingir seus resultados.

Autossabotadores

Para atingir os resultados que deseja, você precisa de alguns comportamentos como a persistência, a busca pela qualidade, ter uma boa visão do todo.

O problema é que esses mesmos comportamentos que te impulsionam, quando estão em doses excessivas, acabam te sabotando.

A persistência pode virar teimosia.
A busca pela qualidade pode virar perfeccionismo.
Ter uma boa visão do todo pode virar controle excessivo.

Além desses, outros autossabotadores também podem aparecer pelo caminho:

O excesso de cuidado com os outros pode te fazer esquecer de si mesmo.
Esquivar-se de conflitos te impede de resolver algumas situações.
Querer realizar muitas coisas ao mesmo tempo pode te fazer perder o foco.

É importante observar que todo sabotador, no fundo, tem uma intenção positiva. É preciso apenas ajustar a dose para que os efeitos não sejam nocivos.

Crenças

Se você acredita que pode ou que não pode, de qualquer forma você está certo”.

Henry Ford

Crenças são suas premissas, aquilo em que você acredita mesmo sem ter visto ou vivido. São as profecias construídas ao longo da vida ou herdadas da família e dos relacionamentos.

As crenças podem ser positivas e te motivar a seguir: “eu acredito que se eu for por esse caminho, vou chegar onde eu quero”. Só que algumas crenças são negativas e acabam te limitando. Um bom exemplo de crença limitadora é: “eu acredito que só enriquece quem trapaceia”.

As crenças são de três tipos:

Possibilidade: aquilo que se acredita que é possível ou impossível de realizar. “É impossível enriquecer trabalhando.”

Capacidade: quando se acredita que é capaz ou incapaz de fazer alguma coisa. “Eu não sou capaz de aprender Excel.”

Merecimento: quando você entende que merece ou não merece obter algo. “Não vou conseguir esse emprego porque eu não mereço”.

A crença é algo muito forte e seus efeitos permeiam a sua vida a todo momento. Por isso não é nada fácil eliminá-la. É preciso identificar a causa e então substituir a crença limitante por uma fortalecedora.

Uma parte de você não quer

Todos nós temos nossos valores, aquilo que prezamos e que á extremamente importante para nós. Quando você fere ou não considera esses valores, nada do que você tentar fazer vai pra frente.

A questão é que esse processo não é consciente, ou seja, você não percebe facilmente esse tipo de obstáculo.

“Quero muito ser promovido e sei que mereço, mas não consigo entender porque não tenho essa oportunidade”. Ser promovido pode implicar em abrir mão de um tempo com a família. Será que você está disposto a fazer isso? Se estar com a família é mais importante que a promoção, então você não será mesmo promovido.

Cada vez que se ganha algo, perde-se algo também. Você precisa analisar com os filtros internos, seus valores, para descobrir se realmente vale a pena atingir o objetivo que você está traçando.

“Consegui identificar o obstáculo, e agora?”

Você percebeu que tem um autossabotador, ou uma crença, ou uma parte de você que não atingir o objetivo.

Agora você precisa de uma estratégia! A partir de algumas reflexões você pode traçar um plano de ação para vencer esse obstáculo:

“Onde eu vejo esse sabotador atuando e como posso diminuir os seus efeitos?”
“Como posso substituir essa crença limitante?
“Quando eu conquisto esse objetivo, o que eu posso perder? E se eu não atingir o objetivo, o que eu ganho?”

O segredo é estar consciente e perceber o momento em que você está parado e não consegue seguir. Assim pode descobrir qual é o obstáculo que precisa ultrapassar para seguir rumo ao sucesso.